Agenda

Livre Comércio
26/01/2017
Geopolítica
31/01/2017

Política

PARLASUL se reunirá para debater políticas do presidente norte-americano Donald Trump

Brasília – O Parlamento do MERCOSUL (PARLASUL) se reunirá em março, na reabertura dos trabalhos para 2017, com o propósito de discutir as políticas já anunciadas e implementadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A informação é do vice-presidente do PARLASUL, o deputado urguaio Daniel Caggiani. O Parlamento do MERCOSUL é presidido pelo deputado brasileiro Arlindo Chinaglia (PT-SP).

De acordo com Caggiani a região está preocupada com as políticas de Trump que poderão afetar todos os países latino-americanos e caribenhos. No dia 20 de fevereiro, a mesa diretora do PARLASUL se reúne em Montevidéu para definir a agenda do encontro.

No centro das preocupações está o futuro das relações comerciais entre os Estados Unidos e a América Latina. A Argentina, por exemplo, deverá perder o mercado norte-americano para os seus limões, assim como o Uruguai poderá deixar de vender a carne bovina àquele país.

Segundo Caggiani, “o cenário para a região é no mínimo preocupante e desafiante, principalmente tendo em conta as promessas que Trump fez durante sua campanha e seus atos nestes primeiros dias de governo”. Na sua avaliação, as políticas protecionistas do novo presidente dos Estados Unidos prejudicarão os países latino-americanos e caribenhos.

Além disso, há temor na região pelas políticas diplomática e militar que poderá implementar Donald Trump e que impactarão na região.

Para o presidente do Conselho Uruguaio para as Relações Internacionais, o ex-senador Sergio Abreu, as mudanças na política comercial dos Estados Unidos podem alimentar uma tendência de crescimento do protecionismo e do nacionalismo democrático. Abreu acredita que a saída dos Estados Unidos do Acordo de Parceria Transpacífico (TPP), “vai impactar os blocos comerciais e é uma mensagem clara ao multilateralismo”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *