Defesa

Bolívia devolverá carros roubados no Brasil
06/03/2012
Diplomacia
06/03/2012

Cooperação

Peru e Brasil terão gabinete binacional

Brasília – O Peru pretende ter com o Brasil um gabinete binacional para incrementar as reuniões periódicas e consolidar as relações no mais alto nível, a exemplo do que já tem com o Equador. A informação é do ministro da Defesa peruano Alberto Otárola.

Segundo ele, esse mecanismo poderá materializar-se a qualquer momento. Os dois países seguem conversando e buscando uma melhor coordenação para a integração bilateral em todos os setores, inclusive político.

As prioridades para o governo peruano são a Defesa e assuntos sociais, temas que integram a agenda estratégica firmada por Brasil e Peru.

Ollanta Humala espera reunir-se com a presidente Dilma Rousseff ainda neste semestre para concretizar o projeto conjunto. A presidente deverá participar de um encontro em Arequipa para tratar de questões sociais onde os programas brasileiros serão usados como exemplos para o Peru.

Recentemente, os dois governos assinaram quatro acordos de cooperação que implicam no melhoramento da vigilância na fronteira comum e no acesso de empresas peruanas de Defesa, como o Serviço Industrial da Marinha (SIMA), ao mercado brasileiro.

Segundo Otárola, “o Brasil se converteu em um aliado muito importante para o Peru e a presença em nosso país da presidente Dilma Rousseff irá coroar essa aliança estratégica em matéria de Defesa”.

Na semana passada, Peru e Equador realizaram o quinto encontro do gabinete binacional, com a presença dos presidentes Ollanta Humala e Rafael Correa, além dos respectivos ministros.

Ficou acertado que os dois países irão trabalhar num projeto conjunto de desenvolvimento fronteiriço, principalmente nas áreas de saúde e construção de rodovias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *