Defesa

Terrorismo
28/10/2010
Países emergentes: o nascimento de uma nova ordem?
08/11/2010

Peru e Equador discutem redução do gasto militar

Peru e Equador discutem redução do gasto militar

Os presidentes do Peru, Alan Garcia, e do Equador, Rafael Correa, discutiram nesta quarta-feira, 27, a redução dos gastos militares e de pessoal nas fronteiras.

A proposta partiu do peruano que já propôs o mesmo à Bolívia e Chile.

De acordo com Correa, o ministro da Defesa do Equador, Javier Ponce, fará uma análise sobre as possibilidades de redução de gastos no setor.

No entanto, Rafael Correa, explicou que a presença de militares nas áreas de fronteira é importante para o combate ao contrabando e ao narcotráfico.

O Equador aumentou os gastos militares não apenas em salários, mas também com a compra de equipamentos utilizados na fronteira norte do país.

Ali estão concentrados 30% do efetivo militar equatoriano.

Peru e Equador também negociam um acordo que prevê a unificação de suas embaixadas na Europa.

Peru propõe aliança econômica

O presidente Alan Garcia que conclui seu mandato em 2011 propôs ao Chile o estreitamento das relações comerciais e econômicas com Colômbia, Equador e Panamá.

Para ele, é possível acelerar o processo de integração entre todos os que compartem uma política de abertura comercial na região.

A proposta nasceu após o relançamento das relações entre Peru e Bolívia, na semana passada.

Na oportunidade, o Peru reconheceu o direito boliviano de obter uma saída ao Pacífico.

Alan Garcia e Evo Morales assinaram um protocolo que amplia o acordo assinado em 1992, transformando o porto de Ilo em zona franca. Isso permitirá que a Bolívia utilize o porto por 99 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *