Brasília, 21 de novembro de 2018 - 09h07

Peru: Humala anuncia futuros ministros e acalma me

27 de julho de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, será empossado nesta quinta-feira, 28, e para tranqüilizar o mercado, fez questão de anunciar os nomes dos futuros ministros da Economia e Finanças, Produção, Relações Exteriores, Defesa, Energia e Minas, Ambiente, e da Mulher.



A decisão pareceu acertada. O mercado está relativamente tranqüilo. Temia-se pela formação de um governo radical de esquerda. Humala já havia anunciado na quarta-feira, 20, o nome do empresário Salomón Lerner como chefe do Conselho de Ministros, uma espécie de premier.



Especialistas chilenos afirmam que o ex-coronel decidiu formar um governo situado entre a direita econômica e a esquerda política.



Diplomacia e defesa



Para o posto de chanceler, o presidente peruano escolheu o sociólogo e jornalista Rafael Roncagliolo, 67, que responde atualmente pela presidência da associação Transparência.



Ele também integrou o chamado Acordo Nacional, um fórum destinado à discussão de políticas públicas para o Peru.



O ministro da Defesa será o general reformado Daniel Mora, 66, que é parlamentar eleito pela coalizão Peru Possível.



No governo de Alejandro Toledo, Mora trabalhou como Secretário-Geral do ministério dos Transportes e Comunicações.



Rafael Roncagliolo é amigo pessoal do chileno José Miguel Insulza, Secretário-Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) e suas relações com o Chile pesaram na escolha.



O futuro chefe da diplomacia de Humala é considerado um “esquerdista evoluído” apaixonado pela integração latino-americana e que conhece em detalhes o cenário internacional e os países vizinhos.



Já o ministro da Defesa foi uma indicação do ex-presidente Alejandro Toledo que apoiou Humala no segundo turno das eleições,



Ele representou o Peru nas negociações com o Equador sobre o conflito no Cenepa em 1995 e esteve na cerimônia que culminou com a Declaração de Brasília que pôs fim as tensões.



Em seguida foi reformado e no governo de Toledo respondeu pela secretaria-geral dos Transportes e foi presidente do Conselho Nacional de Inteligência.



A indicação de Daniel Mora derruba a primeira promessa feita por Humala. Após a eleição, ele garantiu que o ministério da Defesa seria conduzido por um civil.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...