Comunicado conjunto Petrobras-PDVSA
18/12/2007
Ultraje à democracia
18/12/2007

Petrobras anuncia novos investimentos na Bolívia

Petrobras anuncia novos investimentos na Bolívia

A Petrobras e a YPFB, a estatal boliviana de petróleo, assinaram nesta segunda-feira, 17, em La Paz comunicado conjunto prevendo novos investimentos para aumentar a produção de gás natural na Bolívia.

Em parceria com seus sócios, a companhia estima que poderá investir entre US$ 750 milhões e US$ 1 bilhão, a depender dos resultados a serem obtidos na exploração de novas áreas.

O documento foi assinado durante cerimônia no Palacio Quemado, na presença dos presidentes Evo Morales, da Bolívia, e Luiz Inácio Lula da Silva, do Brasil, entre outras autoridades.

As empresas firmaram também acordo para a capacitação técnica de recursos humanos para a indústria petrolífera da Bolívia.

Foram definidas ainda as linhas gerais para a execução conjunta de projetos de exploração nas áreas de Carohuaicho, Astillero e Cedro, com possibilidade de constituição de uma Sociedade de Economia Mista.

Em outro acordo, Petrobras e YPFB definiram um teto de 18% para o volume de gás natural proveniente de novos projetos a ser destinado ao mercado interno boliviano.

“Comunicado Conjunto Petrobras-YPFB

Na cidade de La Paz, em 17 de dezembro de 2007, Petrobras e YPFB acordaram o que segue:

1. YPFB e Petrobras chegaram a um acordo sobre a fórmula de pagamento dos líquidos contidos no gás natural comprado pela Petrobras por meio do Contrato de GSA, por um valor entre US$ 100 milhões e US$ 180 milhões por ano, conforme Ata de Brasília, de 14 de fevereiro de 2007, que serão pagos pela Petrobras a partir de 2 de maio de 2007. Nesta data entra em vigor o acordo de intercâmbio.

2. Com o objetivo de aumentar os volumes de produção de gás natural, para o abastecimento dos mercados interno e externo, a Petrobras e seus sócios planejam investir na Bolívia entre US$ 750 milhões e US$ 1 bilhão, na explotação dos campos em desenvolvimento e na exploração e explotação de novas áreas, de acordo com as condições normativas e econômicas atualmente em vigor.

3. O Acordo Marco de Áreas Reservadas da YPFB em Matéria de Hidrocarbonetos estabelece as linhas gerais para a execução conjunta de projetos nas áreas reservadas a favor da YPFB, Carohuaicho, Astillero e Cedro, estabelecendo condições básicas para a assinatura de Convênios de Estudo, constituição de uma possível Sociedade de Economia Mista, assinatura de Contratos de Exploração e Explotação e a conseqüente execução de operações nas áreas referidas.

4. O Acordo Marco sobre capacitação: desenvolver atividades de capacitação de recursos humanos, com a finalidade de fortalecer o pessoal do Ministério de Hidrocarbonetos e Energia da Bolívia e da YPFB nas áreas técnicas da indústria petrolífera e organização empresarial.

A capacitação poderá ser realizada em qualquer das instalações de desenvolvimento de recursos humanos da Petrobras, tais como a Universidade Petrobras, no Brasil, Instituição de Excelência em Negócios de Gás e Hidrocarbonetos (Inegas), na Bolívia, ou outros centros corporativos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *