Brasília, 18 de dezembro de 2018 - 10h16

Geopolítica

20 de outubro de 2015
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O Paraguai deverá retomar antes do final do ano, as discussões em torno do preço da energia que revende ao Brasil e à Argentina por meio das usinas binacionais de Itaipu e Yaciretá. No entanto, o ex-diretor de Recursos Energéticos do ministério de Minas e Energia daquele país, Axel Benítez, afirmou que as autoridades paraguaias não têm uma estratégia sobre o que fazer com a energia excedente.



Com a atração de empresas brasileiras que estão fechando suas unidades no país e abrindo no Paraguai, mais os acordos com Alemanha, Espanha e Itália, que pretendem instalar indústrias ali, o Paraguai certamente necessitará de mais energia para atender ao futuro pólo industrial que pretende ver consolidado em alguns anos.



Além disso, especialistas paraguaios asseguram que o valor pago por Brasil e Argentina pela energia que recompram seria dez vezes menor que o valor justo, o que pode alimentar ainda mais a polêmica.



Axell Benítez afirma que “as nossas autoridades não sabem como lidar com os nossos excedentes. Elas não têm ideia do que é geopolítica energética. No mínimo, deveríamos estar recebendo o dobro do que pagam Brasil e Argentina, considerando o preço do petróleo que está baixo. Com o petróleo a preço alto, teríamos de receber o triplo”, defendeu.


Assuntos estratégicos

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, o projeto de lei da senadora Ana...
Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Brasília - A fronteira de Foz do Iguaçu com a Argentina será a primeira do...
Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...