Agenda

Política
20/10/2015
Venezuela
08/11/2015

Geopolítica

Preço da energia revendida pelo Paraguai ao Brasil e Argentina volta à pauta

Brasília – O Paraguai deverá retomar antes do final do ano, as discussões em torno do preço da energia que revende ao Brasil e à Argentina por meio das usinas binacionais de Itaipu e Yaciretá. No entanto, o ex-diretor de Recursos Energéticos do ministério de Minas e Energia daquele país, Axel Benítez, afirmou que as autoridades paraguaias não têm uma estratégia sobre o que fazer com a energia excedente.

Com a atração de empresas brasileiras que estão fechando suas unidades no país e abrindo no Paraguai, mais os acordos com Alemanha, Espanha e Itália, que pretendem instalar indústrias ali, o Paraguai certamente necessitará de mais energia para atender ao futuro pólo industrial que pretende ver consolidado em alguns anos.

Além disso, especialistas paraguaios asseguram que o valor pago por Brasil e Argentina pela energia que recompram seria dez vezes menor que o valor justo, o que pode alimentar ainda mais a polêmica.

Axell Benítez afirma que “as nossas autoridades não sabem como lidar com os nossos excedentes. Elas não têm ideia do que é geopolítica energética. No mínimo, deveríamos estar recebendo o dobro do que pagam Brasil e Argentina, considerando o preço do petróleo que está baixo. Com o petróleo a preço alto, teríamos de receber o triplo”, defendeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *