Mundo

Cooperação militar
06/10/2016
Operação de Paz
06/10/2016

Política

Presidente da Venezuela garante que não haverá referendo no país

Brasília – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, garantiu nesta quarta-feira, 5, que não haverá referendo revocatório no país sobre o seu mandato e voltou a atacar a oposição. Segundo ele, “Maduro está aqui e vai seguir aqui; porque aqui não há revocatório, para que saibam. Não é Maduro, é um povo e um alto mando político, uma direção, uma vanguarda coletiva da revolução”.

De acordo com Maduro, a realização do referendo como quer a oposição não é prioridade para a Venezuela, mas a recuperação da economia declarada em emergência. “A prioridade não é fazer eleições, a prioridade é recuperar a economia, atender ao povo, seguir desenvolvendo a educação e a habitação”, afirmou.

Na sua avaliação, o referendo revocatório atende apenas aos caprichos da oligarquia. “Celebrar eleições na Venezuela seria cumprir com os caprichos de cinco grupos que se odeiam entre si, cumprir os caprichos de um demônio que se chama Ramos Allup (presidente da Assembleia Nacional)”, disse.

Nicolás Maduro revelou ainda que em breve se reunirá com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, para reforçar a cooperação em matéria militar, agrícola, financeira e comercial, além anunciarem a estabilização do mercado de petróleo e a recuperação dos preços do produto.

O presidente da Venezuela busca em Moscou o aliado que lhe permita sair do isolamento regional. Nesta semana, o embaixador russo em Caracas, Vladimir Zaemsky, confirmou que o país está preparado para unir esforços com o objetivo de ajudar a resolver os problemas internos da Venezuela.

A oposição pressiona para que o referendo revocatório seja realizado ainda em 2016 para que, confirmada a queda de Maduro, possam ser realizadas eleições presidenciais. Caso o referendo aconteça após o mês de janeiro de 2017, Maduro pode perder o mandato, mas terá o direito de indicar um substituto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *