Defesa

Dissuasão
20/04/2013
Cooperação
20/04/2013

Presidente destaca processo de modernização do Exé

Presidente destaca processo de modernização do Exército

Brasília – Nesta sexta-feira, 19, o Exército Brasileiro comemorou 365 anos de existência e a presidente Dilma Rousseff aproveitou para destacar o “processo de transformação, modernização e atualização” dos meios operacionais da Força Terrestre.

A presidente não participou das comemorações no QG do Exército e foi representada pelo vice-presidente Michel Temer. Sua mensagem à Força foi lida durante a solenidade que contou ainda com as presenças do ministro da Defesa, Celso Amorim, do chefe do EMCFA, general De Nardi, do Comandante do Exército, general Enzo Peri e dos comandantes da Marinha e da Aeronáutica.

Na mensagem presidencial, Dilma Rousseff lembrou o “orgulho” que sente no desempenho da Força Terrestre nas missões de paz, iniciadas em Suez na década de 50, e que, atualmente, destacam-se no trabalho de estabilização do Haiti por meio da Minustah. Ela elogiou ainda o apoio que o Exército Brasileiro presta ao Brasil “desde Guararapes até o presente” nos projetos estratégicos do país.

O “processo de transformação” do Exército foi compartilhado pelo Comandante da Força, general Enzo Peri. Em seu discurso, ele falou dos “novos materiais, nova doutrina, novas capacidades” da instituição.

“[O Exército] ganha maior estatura dissuasória, prepara-se para atuar em ambiente de elevado grau de incerteza, interconectado, cibernético e pejado de ameaças dinâmicas e imprevisíveis”, ressaltou.

Atualmente, o Exército conta com cerca de 200 mil militares que trabalham sob a missão de preparar a Força Terrestre para defender a pátria e garantir a lei e a ordem; participar de missões internacionais (por exemplo, as de manutenção da paz); e apoiar a política externa do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *