Brasília, 18 de novembro de 2018 - 11h25

Integração Sul-Americana

31 de maro de 2005
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
O presidente do Uruguai, o médico Tabaré Vazquez, realiza nesta sexta-feira, sua primeira visita oficial ao Brasil. Acompanhado do chanceler, Reinaldo Gargano e dos ministros de Pacuária, Agricultura e Pesca, José Mujica, e de Indústria, Energia e Mineração, Jorge Lepra, Vazquez, terá encontros com os presidentes do STF, Câmara dos Deputados, Senado e uma reunião de trabalho com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Vázques assumiu o poder no dia 1º de março, quando manifestou interesse em recolocar o Uruguai nos eixos da integração sul-amerixana. Na gestão passada, de Jorge Battle, o Uruguai era um aliado preferencial dos Estados Unidos e pouco fez pelo Mercosul. Battle sequer compareceu a reunião de Cusco que marcou o lançamento da Comunidade Sul-Americana de Nações.

Segundo o Itamaraty, durante a visita de menos de 24 horas, Lula e Vazquez deverão tratar de temas como o fortalecimento do Mercosul, a consolidação da Comunidade Sul-Americana de Nações e a realização da Cúpula América do Sul - Paà­ses àrabes, que será em Brasà­lia, nos dias 10 e 11 de maio.

Está prevista a reativação da Comissão Geral de Coordenação em nà­vel de ministros das Relações Exteriores, a intensificação dos mecanismos de coordenação entre as duas chancelerias e o estabelecimento de Comissão de acompanhamento de questões comerciais bilaterais.

Os dois presidentes também pretendem intensificar os projetos de integração da infra-estrutura fà­sica de transportes, energia e comunicações entre os dois paà­ses. O Brasil entraria com recursos do BNDES, a exemplo do que tem sido feito em outros paà­ses vizinhos.

Para o Brasil, também é prioridades, a construção da segunda ponte sobre o Rio Jaguarão, no Rio Grande do Sul, e uma nova linha de transmissão de energia elétrica entre os dois paà­ses. O Uruguai enfrenta uma grave crise de abastecimento de energia e deve contar também com o apoio da Venezuela neste sentido.

Em 2004, o comércio bilateral alcançou a cifra de US$ 1 bilhão e foi bastante equilibrado. Os dois governos desejam incrementar esse comércio. Quanto a investimentos, Lula e Tabaré Vazquez já inauguraram uma fábrica brasileira de cerveja na cidade de Paysandu, logo após a posse do presidente uruguaio.

Lula e Vasquez devem reforçar o programa da Nova Agenda de Cooperação de Desenvolvimento Fronteiriço Brasil-Uruguai, que deverá receber incrementos nas áreas da saúde, educação, meio ambiente e saneamento, bem como em matéria de cooperação policial e judicial.

Os dois devem assinar vários acordos sobre cooperação em matéria de energia, comunicações educação binacional na fronteira e em áreas técnicas.

Eles ainda deverão conversar sobre a candidatura uruguaia para a direção da Organização Mundial do Comércio. O Brasil tem candidato, o embaixador Luiz Felipe de Seixas Corrêa, e deseja que o Uruguai retire a candidatura de Carlos Perez del Castillo, que recebeu o apoio do presidente argentino Nestor Kirchner.

Programa da Visita do presidente do Uruguai, Tabaré Vásquez

Sexta-feira, 1º de abril

9h00 - Visita ao Supremo Tribunal Federal e encontro com o presidente Nelson Jobim;

9h30 - Visita ao Congresso Nacional e encontro com os presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados;

10h30 - Cerimônia oficial de boas-vindas para o presidente do Uruguai, no Palácio do Planalto;

10h50 - Reunião privada entre os presidentes do Brasil e Uruguai, no gabinete do presidente Lula, no Palácio do Planalto;

11h50 - Reunião ampliada na Sala de Reuniões do Palácio do Planalto;

12h15 - Cerimônia de assinatura de atos e Declaração à  Imprensa, no Salão de Conferências do Palácio do Planalto;

13h00 - Chegada ao Palácio Itamaraty;

13h10 - Almoço oferecido pelo presidente brasileiro ao colega uruguaio, no Palácio Itamaraty;

18h00 - Partida para Montevidéu


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...