Brasília, 21 de novembro de 2018 - 13h09
Refugiados venezuelanos: situação em Roraima tende a piorar

Refugiados venezuelanos: situação em Roraima tende a piorar

22 de agosto de 2018
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Brasília – Apesar da ordem ter sido estabelecida em Pacaraima (RR), na fronteira com Santa Helena de Uairén, na Venezuela, a situação com os refugiados venezuelanos tende a piorar, uma vez que o ritmo de interiorização dos venezuelanos não acompanha a velocidade do fluxo migratório. O crescimento da população de rua, especialmente em Boa Vista, pode dar origem à novos confrontos.

Antes dos tumultos registrados no último sábado, 18, em Pacaraima, venezuelanos já haviam sido expulsos de Mucajaí, após conflitos registrados no dia 19 de março. Na oportunidade, um imóvel que abrigava cerca de 80 venezuelanos, foi queimado e os imigrantes expulsos.

O governo federal também não consegue convencer outros estados a receberem refugiados. Os estados contatados exigem saber primeiro quem são os venezuelanos que serão enviados. Os temores guardam relação direta com a segurança pública que pode ser afetada com o ingresso de criminosos, e a saúde, uma vez que a Venezuela não vacina sua população há anos.

Por outro lado, o governo de Roraima é acusado de não atuar para pôr fim aos problemas. Desde o início da onda migratória, a governadora Suely Campos, que é candidata à reeleição e está em quarto lugar nas pesquisas, defende o fechamento da fronteira.

Ela quer ainda cerca de R$ 190 milhões à título de indenização pelo uso dos serviços públicos do Estado pelos venezuelanos. Nesta semana, Campos cobrou a edição de um decreto presidencial exigindo passaporte para os venezuelanos que desejam ingressar no território brasileiro.

A governadora sabe que a esmagadora maioria dos imigrantes sequer tem condições de pedir a emissão do documento, o que reduziria drasticamente o fluxo em direção a Roraima. Além disso, o passaporte poderia funcionar como um filtro para identificar aqueles que têm ficha criminal, que seriam impedidos de entrar no Brasil.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...