Cooperação
04/03/2014
Estados Unidos e Paraguai intensificam cooperação
04/03/2014

Rússia anuncia interesse em ter bases militares na

Rússia anuncia interesse em ter bases militares na América do Sul

Brasília – O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Choigu, anunciou na quarta-feira, 26, o interesse do seu país em abrir bases militares nas américas do Sul e Central e no Caribe. De acordo com Choigu, as mesmas seriam na Venezuela, Nicarágua e Cuba. Além destas, a Rússia também estuda manter bases no Vietnã, Ilhas Seychelles e em Cingapura.

Segundo ele, “as conversações estão em progresso, e estamos perto de assinar os documentos relevantes”. De acordo com o ministro, o governo russo pretende abrir não apenas bases militares para uso permanente, mas, também, postos de abastecimento de bombardeiros e portos que podem ser usados para atracagem de equipamentos militares.

Atualmente, a Rússia mantém uma base naval em Tartus, na Síria, mas por questões econômicas, decidiu fechar as bases naval no Vietnã e em Cuba. Em 2007, a base na Geórgia também foi fechada por conta do conflito entre os dois países pelo controle da Ossétia do Sul. Além disso, a presença militar russa é patente em países como Ucrânia, Armênia. Quirquistão e Tadjiquistão. 

Sergei Shoigu confirmou que a Rússia está prestando atenção especial à América Latina, zona considerada estratégica assim como o sudeste da Ásia.

Venezuela

No entanto, o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Elias Jaua, afirmou em Brasília que o seu país não acolherá uma base militar russa. Segundo ele, a Constituição venezuelana proíbe a instalação de base militar estrangeira.

Na Nicarágua, a oposição reagiu contra o projeto com o mesmo argumento: a Constituição local impede uma instalação militar de outro país em seu território.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *