Autoridade Palestina quer mediação do Brasil
27/10/2008
Brasil e Portugal: agenda bilateral em revista e c
27/10/2008

Observação

Rússia quer integrar Conselho Sul-Americano de Defesa

O ministério da Defesa da Argentina confirmou o pedido feito pelo secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolay Patruscev, em reunião com a ministra Nilda Garré.

De acordo com Garré, a Rússia pretende participar do futuro órgão como país observador. Ela explicou que os russos acompanham a evolução da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) e o desenvolvimento do conselho.

Além disso, a Rússia está interesada em participar como observadora na Associação Latino-Americana de Centros de Treinamento para Operações de Paz (Alcopaz).

Proposto pelo Brasil, o Conselho Sul-Americano de Defesa poderá ser criado até o final do ano e atuará no intercâmbio de experiências em Defesa, realização de exercícios militares conjuntos, no reforço das missões de paz e no fortalecimento da indústria regional de Defesa.

Também será um espaço para o diálogo entre os comandantes das Forças Armadas da região e uma forma de se evitar conflitos na América do Sul.

Comissão Mista

No dia 4, em Buenos Aires, especialistas em Defesa da Argentina e Rússia, se reuniram para prepara a reunião da Comissão Mista de Cooperação Técnico-Militar que se realizará nos dias 17 e 18 de novembro.

A Comissão Mista está prevista no Memorando de Entendimento que a ministra Nilda Garré assinou na Rússia em outubro de 2006.

A presidenta argentina, Cristina Fernández de Kirchner visitará a Rússia no final do ano e deverá assinar acordos de cooperação na área de Defesa.

Recentemente, o chanceler argentino Jorge Taina, esteve em Moscou e manifestou o interesse argentino na compra de helicópteros russos.

Os aparelhos voam entre 1.100 e 1.500 km consecutivos e operam sem dificuldades tanto no Cáucaso como na Sibéria onde as temperaturas chegam aos 60° negativos.

Patruscev assesora diretamente ao presidente russo, Dmitri Medvedev. O Conselho de Segurança reúne todos os ministros e organismos vinculados à Defesa e Segurança da Rússia. Ele afirmou que a Rússia pretende fortalecer a cooperação com a Argentina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *