Mundo

Integração
27/06/2016
Geopolítica
27/06/2016

Diplomacia

Saída do Reino Unido da UE pode prejudicar acordo com MERCOSUL

Brasília – Os países dos MERCOSUL ainda avaliam o impacto da saída do Reino Unido da União Europeia, mas para o Uruguai que preside o bloco sul-americano, as negociações entre os dois arranjos comerciais poderá ser prejudicada pela decisão britânica.

De acordo com o ministro da Economia do Uruguai, Daniel Astori, “a primeira reação foi de surpresa, mas quando analisamos em profundidade, vemos que serão necessários dois anos para que essa medida seja implementada”. Astori acredita que  a decisão do Reino Unido irá gerar uma dificuldade adicional nas negociações para alcançar um tratado de livre comércio com o MERCOSUL.

Na avaliação do governo uruguaio, a decisão dos britânicos não significa um corte abrupto, principalmente em termos econômicos e de investimentos, “pois, sem dúvidas o Reino Unido seguirá com acordos comerciais com preferências. No entanto, a política externa comum será dificultada”, afirmou Daniel Astori.

O ministro da Economia também reconheceu que esta situação “não é boa para o Uruguai, porque é uma dificuldade adicional no objetivo da América Latina e do MERCOSUL de um acordo com a Europa”.

Os países do MERCOSUL também têm expressado preocupação com a presidência da Venezuela que em julho assumirá o lugar do Uruguai e conduzirá as negociações com a União Européia, embora não possa interferir nas decisões por ter ingressado no bloco sul-americano após o início das negociações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *