Aviões militares na agenda de Lula na Espanha
15/09/2007
Operação Albacora na defesa da bacia petrolífera
15/09/2007

Satélite CBERS-2B será lançado da China

Satélite CBERS-2B será lançado da China

Entre os dias 19 e 21, será lançado da base chinesa da Taiyuan, o terceiro satélite sino-brasileiro CBERS-2B.

As simulações finais serão realizadas nos dias 14 e 15. O ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende e o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Miguel Henze, já estão em Pequim para acompanhar os preparativos e o lançamento do satélite.

Técnicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) confirmaram que os últimos testes foram concluídos com sucesso e que o CBERS-2B já está integrado ao foguete Longa Marcha 4B.

Às 23 horas de terça-feira (18), do Centro de Controle e Rastreio de Satélites do INPE, em São José dos Campos (SP), técnicos e convidados poderão acompanhar o lançamento do CBERS-2B a partir do Taiyuan Satellite Launch Center.

Na quarta-feira (19), às 10h, será registrada a primeira passagem do satélite pelo território brasileiro, evento que também será acompanhado do Centro de Controle e Rastreio de Satélites.

De acordo com o INPE, desde 2004, quando começou a distribuição gratuita pela Internet, mais de 320 mil imagens CBERS foram “baixadas” por cerca de 15 mil usuários ligados a instituições como Incra e Ibama, universidades, organizações não governamentais e empresas privadas.

O satélite possui três câmeras imageadores a bordo: CCD, WFI e HRC, esta uma pancromática de alta resolução (2,5 m), que atendem à múltiplas necessidades do planejamento urbano, que requer alta resolução espacial, a aplicações que precisam de dados freqüentes mas não tão detalhados, como a agricultura ou desmatamentos.

O INPE informou ainda que o CBERS-2B garantirá que o fornecimento de imagens iniciado em 1999 com o CBERS-1 não seja interrompido. A vida útil projetada dos satélites CBERS 1, 2 e 2B é de dois anos e a dos satélites CBERS 3 e 4, de três anos.

O CBERS-1 operou com sucesso até agosto de 2003, além de sua vida útil, êxito que está se repetindo com o CBERS-2. O lançamento do CBERS-3 está previsto para 2009, e o do CBERS-4, para 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *