Ministros da Defesa das Américas focam na cooperaç
29/11/2010
Peru e Colômbia juntos na luta contra o terrorismo
30/11/2010

Secretaria-Geral da UNASUL ficará no Equador

Secretaria-Geral da UNASUL ficará no Equador

Na última sexta-feira, a Guiana recebeu a presidência pro tempore da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL), durante a IV Cúpula Presidencial do bloco.

Os presidentes pretendiam formalizar a existência da UNASUL, mas como apenas oito dos 12 países membros ratificaram o Tratado Constitutivo, a decisão ficou para dezembro.

Eles acreditam que o início do mês que vem, o Uruguai já tenha concluído a votação do acordo no Senado e se converta no nono país ratificador, número mínimo para que o bloco ganhe vida jurídica.

De acordo com o primeiro-ministro da Guiana, a presidência da UNASUL representa um desafio essencial para a sua integração à América do Sul.

Segundo Samuel Hinds, “a presidência pro tempore da UNASUL é importante para o futuro da Guiana porque a Guiana era antes do sistema britânico, mas agora tem que buscar o seu futuro desenvolvendo relações com seus vizinhos da América do Sul”.

“Ser parte da UNASUL e ter uma Cúpula aqui enfatiza que somos parte da América do Sul. Será um desafio para o presidente Bharrat Jagdeo, mas ele poderá lidar com isso, sobretudo porque a UNASUL está em seus primeiros anos, desenvolvendo-se, crescendo”, afirmou.

O presidente da Guiana representa a comunidade hindu do país e não fala espanhol ou português, assim como a maioria da população do país, antiga colônia britânica.

Antes de transmitir o comando do bloco à Guiana, Rafael Correa destacou a rápida resposta da UNASUL ao Haiti após o terremoto de janeiro. Além da ajuda humanitária, a região destinou US$ 300 milhões ao país.

Ele também ressaltou a uniformidade dos países membros em torno dos casos em que a democracia foi ameaçada como em Honduras e no Equador em setembro último.

Rafael Correa informou que a sede da Secretaria-Geral da UNASUL será na cidade de Quito, Equador, e confirmou que aproveitará a Cúpula Ibero-americana de Mar del Plata, Argentina, para avançar na eleição do substituto de Nestor Kirchner.

O evento será realizado nos dias 3 e 4 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *