Organização Mundial do Comércio
23/05/2005
Soberania Nacional
23/05/2005

Amazônia

Segunda fase do Projeto Rondon começa em julho

Excelentíssimas autoridades aqui presentes,

Minhas senhoras e meus senhores,

É uma alegria muito especial inaugurar esta exposição. Lembro-me que ainda no início do ano tive a honra de participar, com o presidente Lula, da cerimônia em que reativávamos o projeto Rondon. Menos de cinco meses depois, já temos resultados a mostrar. Os projetos deram frutos, e alguns podem aqui ser conhecidos.

O projeto Rondon é um verdadeiro mutirão social. Dele participam não apenas o Ministério da Defesa, com cada uma das Forças, mas também um conjunto amplo de ministérios e de governos estaduais e municipais. Participam, ainda, de forma decisiva, nossas universidades, professores e alunos.

Nessa parceria ampla, um objetivo comum nos une: trabalhar pela superação dos desafios de nossas comunidades carentes, pelo bem-estar dos mais necessitados. Justiça social se conquista assim, com trabalho, com dedicação, com políticas sociais bem implementadas.

Ao longo de sua participação nas regiões em que o Projeto desenvolveu suas atividades, as equipes do Rondon tomaram contato direto com as questões a serem enfrentadas. A partir do levantamento de informações e dados, foram organizados seminários de avaliação, buscando levantar diagnósticos.

Esses diagnósticos já foram encaminhados aos diversos ministérios envolvidos, que agora têm poderoso instrumento para o trabalho, para o atendimento das demandas de parcelas significativas de nossa população.

Estamos já nos preparando para iniciar, em julho, a segunda rodada do Projeto. O êxito dessa experiência inicial nos inspira. Os resultados alcançados nos dão a segurança de que estamos fiéis aos ensinamentos do marechal Rondon, no caminho certo e desejado por todos.

Ao agradecer-lhes pela presença nesta exposição que ora se inaugura, antecipo que as senhoras e os senhores poderão bem apreciar a emoção e a inteligência envolvidos neste Projeto de que tanto nos orgulhamos.

Então, isto é apenas para considerar aberta esta primeira exposição do trabalho de recuperação do projeto Rondon, obviamente tendo em vista os tempos em que nós estamos vivendo hoje, porque os tempos são outros. Obviamente que o Projeto vai participar de atividades um pouco diferentes daquelas originais, do marechal Rondon, mas o espírito é o mesmo.

Então, agradeço, reitero o agradecimento pelo prestígio da presença de todos que aqui vieram, e os convido para passarmos aí, ao lado da exposição, que é tão simples, mas tão significativa para o atendimento de toda uma região do Brasil, tão carente.

Muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *