Relações Exteriores

Diplomacia e Comércio
09/12/2015
Terrorismo
10/12/2015

Cláusula Democrática

Senado paraguaio quer que o Mercosul discuta a situação da Venezuela

Brasília – O Senado do Paraguai aprovou nesta quinta-feira, 3, projeto de declaração que insta o governo do país a promover, no âmbito da Cúpula do Mercosul, uma ampla análise sobre o estado da democracia e o respeito aos direitos humanos na Venezuela. No dia 21 de dezembro, os presidentes dos países que integram o bloco se reúnem em Assunção.

O projeto foi apresentado pelo senador liberal Miguel Abdón Saguier, e expressa os numerosos pronunciamentos de governos e organismos internacionais sobre a preocupante situação da democracia venezuelana. O documento questiona ainda o papel do presidente Nicolás Maduro, acusado de atropelar os princípios democráticos e violar os direitos humanos.

Saguier argumentou que o Senado paraguaio não pode ser indolente “ante a penosa realidade pela qual atravessa o povo venezuelano e a sua democracia”. Já a senadora da Frente Guaçu, Esperanza Martínez, pediu que o Mercosul exerça a pluralidade e que se escute todas as partes envolvidas na questão.

Diplomacia

No momento em que o Senado discutia as questões envolvendo a Venezuela, o presidente Horacio Cartes se reunia com o corpo diplomático acreditado em Assunção, que reconheceu o papel destacado do Paraguai na condução do Mercosul num cenário de integração.

Os 47 embaixadores residentes no país avaliaram que a postura paraguaia na presidência pro tempore do bloco, mostrou o compromisso do governo com o progresso e a prosperidade regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *