Discurso do presidente Lula nas Nações Unidas
24/09/2009
Honduras respeitará embaixada brasileira
24/09/2009

Senado quer ouvir blogueira cubana em Brasília

Senado quer ouvir blogueira cubana em Brasília

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, do Senado Federal, aprovou requerimento do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), convidando a jornalista cubana Yoani Sánchez, que em outubro lança em língua portuguesa, o livro “De Cuba, Com Carinho”.

Yoani Sánchez é a famosa blogueira cubana premiada na Europa que vive em Havana onde escreve sobre a realidade da ilha na página www.desdecuba.com/generaciony.

De acordo com o senador, Brasil e Cuba são países amigos cujos povos compartilham da circunstância histórica e geográfica da América Latina.

“Há um amplo campo de diálogo entre brasileiros e cubanos que deve ser explorado. É com o objetivo de incrementar esse diálogo que vejo como importante convidar a escritora e blogueira Yoani Sánchez”, afirmou Torres.

Demóstenes Torres explicou que a jornalistas manifestou interesse em conhecer o Brasil.

“Ela, todavia, demonstrou certa apreensão em relação à permissão do governo cubano para que a visita ocorresse. Entendo que uma solicitação oficial, formulada pelo Senado Federal, sensibilizaria as autoridades do país”, destacou o senador.

Ele recordou que tanto Brasil como Cuba são signatários do Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos da ONU, que consagra o compromisso de todos os Estados-Parte de não colocar obstáculos a viagens ao exterior de seus cidadãos.

“Sabemos todos que o Brasil, principalmente no atual governo, tem posição diplomática, clara e precisa, favorável à reintegração total de Cuba às instituições interamericanas e pelo encerramento total do embargo econômico a Cuba mantido pelos Estados Unidos. A intensificação do diálogo plural entre brasileiros e cubanos, com iniciativas da sociedade civil, é um instrumento para obter esses objetivos da nossa política externa”, concluiu.

Contexto

A Editora Contexto buscou no Congresso apoio político para que o governo cubano permita que Yoani Sánchez venha ao Brasil para o lançamento do seu livro “De Cuba, Com Carinho”.

No ano passado, ela foi impedida de receber em Madri, o Prêmio Ortega y Gasset de Jornalismo.

O editor Jaime Pinsk tentou obter da embaixada de Cuba em Brasília, autorização para a viagem de Yoani, mas sem êxito recorreu ao senador Eduardo Suplicy (PT-SP), dada a sua proximidade com o regime castrista.

Suplicy lembrou em discurso na última segunda-feira, que Cuba firmou no ano passado, o Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos. Ocorre que apenas neste ano, a blogueira teve o visto de saída da ilha negado em três oportunidades.

O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra formalizou um pedido junto à embaixada de Cuba e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso prometeu intervir junto à Havana para que Yoani tenha permissão de viajar ao Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *