Brasília, 12 de dezembro de 2018 - 06h51

Senadora cassada por vínculos com as Farc agradece

29 de setembro de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

A senadora colombiana Piedad Córdoba, do Partido Liberal, cassada por vínculos com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), afirmou que recorrerá à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, da Organização dos Estados Americanos (OEA).



Ela foi acusada pela Corte Constitucional da Colômbia de colaborar e de orientar às Farc. Ela está inelegível pelos próximos 18 anos.



Piedad Córdoba agradeceu nesta terça-feira, o apoio recebido dos presidentes da Argentina, Cristina Kirchner, da Bolívia, Evo Morales, do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, do Equador, Rafael Correa, e da Venezuela, Hugo Chávez.



De acordo com o Procurador-Geral da Colômbia, Alejandro Ordóñez, está provada a colaboração de Piedad Córdoba com as Farc a partir das análises realizadas nos computadores de Raúl Reyes, morto num bombardeio em território equatoriano, em março de 2008.



No ano passado, Piedad Córdoba esteve em Brasília, mas não conseguiu reunir-se com o presidente Lula.



Ela havia sido afastada pelo então presidente Àlvaro Uribe, das negociações com a guerrilha para a liberação de reféns seqüestrados.



Córdoba queria que Lula pressionasse o colega colombiano para que fosse mantida como interlocutora junto às Farc.



Recentemente, Piedad Córdoba pediu à União Européia para pressionar o presidente Juan Manuel Santos, para que retome as negociações de paz com a organização.



Santos afirmou que não aceita pressões internas ou externas e que só dialoga com as Farc depois que a guerrilha entregar as armas, renunciar ao terrorismo e ao narcotráfico e liberar os seqüestrados.

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...