Brasília, 17 de outubro de 2018 - 12h19

Situação política no Equador

01 de outubro de 2010
por: InfoRel

O Governo brasileiro tomou conhecimento, com profunda preocupação, dos graves acontecimentos no Equador. O Brasil deplora os atos de violência e de desrespeito às instituições e condena energicamente todo e qualquer tipo de ataque ao poder civil legitimamente constituído e à ordem constitucional do Equador.



O Governo brasileiro expressa total apoio ao Governo Constitucional do Presidente Rafael Correa e faz um apelo para que sejam restabelecidas de imediato a ordem interna no Equador, com pleno respeito à democracia e aos direitos humanos.



O Ministro Celso Amorim, que se encontra em missão no Haiti, manifestou, em telefonema ao Chanceler equatoriano, Ricardo Patiño, a solidariedade do Governo brasileiro.



O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sendo permanentemente informado sobre a situação. Gestões estão em curso para uma resposta firme e coordenada do Mercosul, da Unasul, do Grupo do Rio e da OEA.



O Ministro interino das Relações Exteriores, Embaixador Antonio de Aguiar Patriota, está a caminho de Buenos Aires, onde participará de reunião extraordinária da Unasul sobre a situação no Equador.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...