Defesa

Peru não vai suspender implementação de TLC por ca
18/06/2008
Colômbia e Peru fortalecem cooperação na luta cont
18/06/2008

Soldado peruano afirma que Farc cruza permanenteme

Soldado peruano afirma que Farc cruza permanentemente a fronteira

O soldado peruano Freddy Huayunga Vela, de 19 anos está internado no hospital militar Santa Rosa de Loreto, desde domingo quando foi alvo de disparos feitos por guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colombia (Farc), ao posto militar de Güepi, na fronteira entre Peru e Colombia, na região do rio Putumayo.

Em entrevista à rádio “La Voz de la Selva”, Vela explicou que recebeu três tiros e que pôde indentificar que vinham de guerrilheiros das Farc.

O militar disse ainda que ataques feitos pela guerrilla nesta região são frequentes. De acordo com seu relato, as Farc entram e saem do territorio peruano o tempo todo.

O chefe da Região Militar do Oriente, general Francisco Vargas Vaca, preferiu não confirmar se o ataque ao posto militar peruano veio de algum acampamento das Farc e afirmou que ao longo da extensa fronteira entre os dois países são realizadas patrulhas permanentes.

No início do mês, soldados peruanos e colombianos realizaram patrulhas conjuntas nesta zona. Nos exercícios militares conjuntos, simulam-se o ingresso de membros das Farc, em três acampamentos localizados em zonas remotas da Amazônia peruana.

O ministério da Defesa do Peru não nega as incursões de guerrilheiros das Farc e chegou a produzir um relatório em que revela a possibilidade de, a qualquer momento, produzir-se um incidente grave na fronteira com a Colômbia. Além disso, alerta para o perigo quanto à presença de guerrilheiros em território peruano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *