Brasília, 18 de fevereiro de 2019 - 12h47

Unasul busca Secretário-Geral

08 de abril de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

No dia 4 de maio, os países membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), se reúnem em Quito quando devem eleger o Secretário-Geral do organismo.



Por enquanto, apenas o ex-presidente argentino Nestor Kirchner é cotado para o cargo.



O nome de Kirchner foi apresentado pelo presidente do Equador, Rafael Correa, quem preside a Unasul e o único veto conhecido vinha do Uruguai que há um mês está com novo presidente.



José Pepe Mujica, que esteve no final do mês passado em Brasília, afirmou que o não há mais veto ao argentino. Ele diverge da decisão adotada pelo antecessor Tabaré Vázquez.



Argentina e Uruguai travam uma batalha jurídica na Corte Internacional de Haia, por conta da construção de uma fábrica de celulose próxima ao rio Uruguai.



Para os argentinos, a decisão uruguaia viola o tratado bilateral sobre o rio. Uma decisão a respeito deve sair até 20 de abril.



Ambientalistas da cidade argentina de Gualeguaychú mantém o bloqueio na ponte internacional general San Martin.



Para Mujica, o mais importante é impulsionar a Unasul e o Mercosul. Ele quer o apoio argentino para que os recursos oriundos do Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul, sejam aplicados na interconexão elétrica.