Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 23h33

UNASUL inicia processo de transparência dos gastos

01 de fevereiro de 2012
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Uruguai, são os seis países da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) que prestaram contas dos seus gastos militares conforme decisão adotada pelo Conselho de Defesa Sul-Americano em novembro de 2011.



Para o ministro da Defesa do Equador, Javier Ponce, esse foi um "passo histórico" dado pela região na consolidação da América do Sul como zona de paz.



Segundo ele, "a consolidação da paz na região e a solução definitiva dos conflitos entre países permitem romper com os segredos dos gastos militares. Esse é um passo histórico e uma mudança radical do cenário regional".



Há três anos, o Conselho de Defesa Sul-Americano criou um grupo de trabalho integrado por Chile, Equador e Peru, para estabelecer uma metodologia comum de medição dos gastos militares.



A UNASUL é integrada por 12 países. Não há informações sobre se Brasil, Bolívia, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela, farão o mesmo.



Em maio, a UNASUL irá apresentar o Livro Branco do Gasto Militar Sul-Americano durante um seminário sobre Segurança e Defesa Sul-Americana, que será realizado em Quito, Equador.



De acordo com a UNASUL, este seminário servirá para que os 12 países do bloco analisem o processo de transparência dos gastos em defesa, inédito a nível regional, e discutam os avanços do Centro de Estudos Estratégicos de Defesa, que funciona desde maio de 2011 em Buenos Aires.



Sua principal missão é elaborar uma doutrina sul-americana de defesa.



Antes, nos dias 3 e 4 de maio, os ministros da Defesa, Justiça e Interior, dos países da UNASUL, participam de uma reunião extraordinária em Cartagena de Índias, Colômbia, para tratar de temas como crimes transnacionais e as novas ameaças à segurança regional.



No dia 30 de abril, os ministros da Defesa e de Relações Exteriores do bloco, se reunirão em Montevidéu para avaliar o trabalho realizado pelo contingente sul-americano na Missão das Nações Unidas de Estabilização do Haiti (Minustah).

Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...