Mundo

Programa Espacial
25/06/2014
Teste ———————-
06/07/2014

Economia

UNASUL respalda governo argentino em relação aos fundos abutres

Brasília – Por meio de um Comunicado formal, a União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) expressou nesta terça-feira, 24, 'pleno respaldo' ao governo argentino frente a sentencia da Justiça norte-americana relativa ao caso dos chamados 'fundos abutres'.  

No documento difundido pela chancelaria argentina, consta que “a UNASUL manifesta sua solidariedade com o governo e o povo da República Argentina frente a recente decisão judicial referido a um grupo minoritário donos de títulos de dívida soberana da Argentina pendente de reestruturação (hold-outs)”.

A UNASUL também “rechaça o comportamento de agentes especulativos que põem em risco os acordos alcançados entre os devedores e credores, afetando a estabilidade financeira global”, e reconhece os esforços realizados pela Argentina para reestruturar a dívida estatal que ficou em mora depois da crise econômica de 2001”.

“Neste sentido, manifesta seu pleno respaldo para lograr uma solução que não comprometa o amplo processo de reestruturação de sua dívida soberana”, diz o Comunicado.

Desta maneira, a UNASUL se soma ao apoio já manifestado pelo Mercosul e pela Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), no conflito que mantém a Argentina.

O governo argentino se mantém à espera de que o juiz nova-iorquino Thomas Griesa, responsável pela decisão que obriga a Argentina a pagar integralmente sua dívida aos denominados “fundos abutres”, se pronuncie sobre uma petição realizada pelo país para tratar de evitar um default técnico (suspensão de pagamentos).

A presidente Cristina Kirchner solicitou ao magistrado uma medida justa e equitativa, enquanto o país negocia uma forma de pagamento com os fundos litigantes.

Veja no InfoRel em Espanhol, a íntegra do Comunicado: http://inforel.org/noticias/noticiasEspanhol.php?tipo=2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *