Agenda

Saúde
10/02/2016
Disputa Territorial
10/02/2016

Economia Regional

UNASUL terá reunião de ministros de Economia sobre a crise na região

Brasília – A União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) organizará uma reunião de ministros de Fazenda e Economia da região para abordar a situação e as perspectivas da economia para a América do Sul. De acordo com o Secretário-Geral da UNASUL, Ernesto Samper Pizano, a decisão partiu dos chanceleres dos países membros.

Segundo ele, “recebemos esta solicitação, vamos proceder com a organização desta conferência com a presidência pro tempore da UNASUL, que ostenta o Uruguai”, explicou. A UNASUL não deu detalhes a respeito do encontro, mas a idéia é discutir formas de enfrentar de maneira conjunta a crise que atinge todos os países do bloco.

Samper também destacou o apoio dos chanceleres ao processo de paz na Colômbia, país que ele mesmo presidiu entre 1994 e 1998, e manifestou a preocupação do bloco com a situação fronteiriça entre alguns países como Venezuela e Guiana, Peru e Bolívia, Bolívia e Chile. “Os países defenderam a adoção de recursos técnicos para examinar em detalhes como poderão ser rediscutidas as fronteiras”, disse.

Já o chanceler uruguaio, Rodolfo Nin Novoa, chamou a atenção para necessidade de a região ser dotada de uma melhor conectividade. “Para facilitar o comércio temos que ter uma infraestrutura adequada e a região possui condições em vias navegáveis, portos, recursos humanos e matérias-primas”, afirmou.

Em abril, o Uruguai transmite a presidência da UNASUL para a Venezuela que também no segundo semestre, assumirá o comando do MERCOSUL.

CELAC discutirá prevenção e luta contra a corrupção na Guatemala

Os países da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) realizarão na Guatemala a IV Reunião Especializada de Ministros e Altas Autoridades de Prevenção e Luta Contra a Corrupção. A informação foi confirmada nesta quinta-feira, 4, pelo chanceler guatemalteco, Carlos Moreno. A decisão já havia sido tomada em Quito por ocasião da Cúpula da CELAC e informada ao presidente Jimmy Morales.

De acordo com a chancelaria guatemalteca, os países da CELAC pretendem estabelecer uma estratégia que fortaleça a cooperação e o intercâmbio de informações sobre a transparência, prestação de contas, participação cidadã e o fomento de novas tecnologias entre os governos dos países membros do bloco. A reunião também integra o Plano de Ação para 2016 da CELAC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *