Mundo

Política
19/08/2016
Integração Regional
23/08/2016

Comércio Exterior

Uruguai preocupado com fuga de investidores para o Paraguai

Brasília – O governo uruguaio está preocupado com a fuga de investidores para o Paraguai, confirmou nesta segunda-feira, 22, o ministro do Trabalho, Ernesto Murro. Segundo ele, muitas empresas uruguaias estão fechando suas unidades no país e instalando-se no Paraguai.

“Agora, parece que o Paraguai está na moda”, afirmou o diretor nacional de Trabalho do Uruguai, Juan Castillo. Segundo ele, “é possível que os custos trabalhistas mais baratos sejam o grande atrativo, embora não saibamos se existe a mesma segurança jurídica”, explicou.

A fuga de investidores também preocupa a Câmara de Indústrias do Uruguai. Recentemente, uma empresa de peças de capital japonês, reduziu a produção e também pode estar de saída do Uruguai. Parte de suas atividades já havia sido transferida para o Paraguai onde os custos trabalhistas equivalem a 25% e a mão-de-obra é de alto nível.

Por outro lado, o investimento uruguaio no Paraguai é antigo e está quase todo aplicado na agropecuária, principalmente na criação de gado. Pelo menos 2 milhões de hectares de terras paraguaias são de propriedade de uruguaios.

O embaixador paraguaio no Uruguai, Luis Chase, acredita que a atração de investimentos está diretamente ligada ao que chama de “três 10”: 10% de IVA, 10% de Imposto de Renda Empresarial, e 10% de Imposto de Renda Pessoal.

O diplomata afirmou que o Paraguai vive um momento econômico especial e que pelo menos 15 mil uruguaios investem no país. “Há um justo equilíbrio entre capital e trabalho e muito poucos conflitos trabalhistas”, revelou. Chase destacou ainda que o país facilita o investimento e o protege. Além disso, 30% da população paraguaia tem idade média menor que os 29 anos.

O governo uruguaio informou que nos últimos quatro anos, mais de 50 empresas se instalaram no Paraguai, incluindo companhias de logística, construção civil, serviços contábeis, e até mesmo no principal terminal de ônibus de Assunção. O Paraguai é o país que mais cresce na região. Tem custos muitos baixos e um clima de negócios estabilizado. A eletricidade é barata e os salários são menores. Tudo isso somado, transforma o país em um grande destino para os investimentos na região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *