Mundo

Global Player
15/10/2015
Projetos Estratégicos
15/10/2015

Nações Unidas

Uruguai representará América Latina no Conselho de Segurança da ONU

Brasília – O Uruguai será eleito nesta quinta-feira, 15, como representante da América Latina e do Caribe no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), para o período de 2016 e 2017. A última vez que o Uruguai integrou o principal mecanismo da ONU, foi no biênio 1965-1966.

A eleição uruguaia deu-se por consenso entre os países da região. O Uruguai substituirá o Chile que ocupou um assento não permanente nos últimos dois anos. Além do país sul-americano, serão eleitos um representante para a Ásia-Pacífico, um da Europa do Leste e dois pela África.

Também serão eleitos a Ucrânia, Japão, Egito e Senegal, todos por consenso em suas regiões. Esses países substituirão Chade, Jordânia, Lituânia e Nigéria. Angola, Malásia, Nova Zelândia e Espanha, continuam como membros não permanentes do CSNU em 2016.

O presidente Tabaré Vázquez destacou a contribuição do país com a paz e a segurança internacionais ao longo dos 70 anos da Organização das Nações Unidas, especialmente em missões de paz.

Os cinco países assumem em 1º de janeiro do ano que vem e se juntarão aos cinco membros permanentes e dez não permanentes. De acordo com o chanceler uruguaio Rodolfo Nin Novoa, entre as prioridades do país no CSNU está a retomada das negociações pela reforma do próprio Conselho de Segurança e o fortalecimento das operações de paz da ONU.

Novoa convidou o ex-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Enrique Iglesias, para assumir o cargo, mas ele não aceitou por razões de idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *