Mundo

Comércio Exterior
15/02/2017
Comércio Exterior
16/02/2017

Investimentos

Uruguai se apresenta como porta de entrada para o MERCOSUL e o México

Brasília – Nesta terça-feira, 14, o ministro da Economia e Finanças do Uruguai, Danilo Astori, afirmou para um grupo de empresários finlandeses, que o país é a porta de entrada para eles no MERCOSUL e México, que juntos reúnem um mercado consumidor de 400 milhões de pessoas.

Astori está em Helsinki onde acompanha a segunda etapa da viagem do presidente Tabaré Vázquez em busca de investimentos para o país. Vázquez esteve na Alemanha e ainda estará na Rússia. Ele viaja acompanhado dos seus principais ministros e pelo menos uma centena de empresários.

O ministro destacou o atual clima de negócios para investir no Uruguai, mas reconheceu que é preciso resolver a modernização e especialização institucional para receber os investimentos necessários, porque não se pode atrai-los se não houver rentabilidade.

Para tanto, recordou, o Uruguai mudou o seu sistema tributário e conta atualmente com uma política impulsionada pela equidade, eficiência e o devido estímulo aos investimentos. Além disso, detalhou os mecanismos de regulação e supervisão financeira, tornando mais sólido o seu sistema financeiro.

O Uruguai conta ainda com uma lei de investimentos que contou com o voto de todos os partidos políticos, conferindo maior estabilidade política e consistência ao país. Além disso, não existe limites para o investimento estrangeiro no Uruguai, não existem restrições para a repatriação de recursos, há um livre mercado de câmbio, um sistema de imposto único, bem como tratamento igualitário para capitais nacionais e estrangeiros.

Danilo Astori afirmou ainda que o país conta com dois portos modernos em Montevidéu e Nova Palmira, e possui as melhores condições de abastecimento de energia elétrica da América Latina, com um importante aporte de fontes renováveis.

Por fim, enfatizou que o país conta com um aeroporto de primeiro nível que opera dentro do regime de livre concorrência, 90% das residências têm acesso à Internet através de fibra óptica e, a partir deste ano, o Uruguai terá conexão direta com os Estados Unidos mediante um cabo submarino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *