Agenda

Comunicado Conjunto
12/05/2005
Sul-Americanos e Árabes
16/05/2005

CNBB – UNESCO

V Seminário Internacional de Comunicação de Brasília

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – realizará, em parceria com o Senado Federal, UNESCO e Correios, o V Seminário Internacional de Comunicação de Brasília [V SICOM], de 16 a 18 de maio de 2005, no auditório Interlegis do Senado Federal.

O evento vai discutir o tema “Guerra e Paz: O Papel da Mídia no Entendimento entre os Povos”.

A importância alcançada pela mídia é uma das questões mais inquietantes da sociedade moderna. Ao incorporar inteligência humana, talento artístico e inovação tecnológica, o sistema mass media exerce poder enorme na formação da cultura contemporânea.

Devido a essa influência, os organizadores do V Sicom estarão buscando uma resposta para a seguinte pergunta: Qual o papel da mídia em favor da construção da paz?

A discussão envolverá a percepção de que as pessoas observam o mundo a partir das categorias criadas pelos jornais, televisão, do rádio e internet. Incluirá também as pressões e agendamento que a mídia recebe do mercado e de outros setores da sociedade.

O objetivo dos organizadores é propiciar uma contribuição em quatro níveis:

1. para os cidadãos que acompanham criticamente o conteúdo dos jornais, rádio, TV e internet;

2. para os jornalistas, publicitários e técnicos que desejam melhorar os conteúdos dos meios de comunicação; e para estudantes de jornalismo e publicidade que pretendam conhecer e aperfeiçoar as condições de seus futuros postos de trabalho;

3. para acadêmicos e profissionais ligados às ONGs e outras instituições que estudam o ethos da comunicação e executam projetos em favor da cidadania;

4. para os políticos e integrantes do judiciário;

Programa

16 de maio, segunda-feira

14h – Abertura do seminário

Homenagem a jornalistas ou acadêmicos que realizaram ações em favor da educação e da ética na área da comunicação

Conflitos internos e externos: a influência da mídia

14h30 – Axel Bugge, correspondente da Agência Reuters;

15h00 – Marcelo Rech, correspondente do jornal mexicano Diário Monitor e Editor do InfoRel;

15h30 – Carmen Gentile, correspondente da UPI;

16h00 – Debates

16h45 – Encerramento.

17 de maio, terça-feira

Desafios de uma mídia independente

9h – Kennedy Alencar, Repórter de Política da Folha de São Paulo em Brasília;

9h25 – Andrew B. Davis, Presidente e Diretor Executivo do American Press Institute;

9h50 – Debate

10h10 – Intervalo

O agendamento da sociedade pela mídia

10h25 – Lúcia Santaella, professora da PUC – SP – Paulus;

10h50 – Silio Boccanera, correspondente em Londres, colaborador da Globo News, da BBC Brasil e da Primeira Leitura;

11h50– Debate

12h10 – Encerramento

Jornalismo e realidade

15h – Lauro Mauro Sá Martino;

15h25 – Wilson Gomes, professor da UFBA;

15h50 – Debate

16h05 – Intervalo

16h15 – Chico Pinheiro, Editor do SP TV – TV Globo;

16h45 – Debate

17h10 – Encerramento

18 de maio – quarta-feira

O acesso do cidadão à mídia

9h – José Marques de Melo – Professor da UMESP – Paulus;

9h25 – Merval Pereira, colunista do Globo;

9h45 – Debate

10h10– Intervalo

10h35 – Antonio Carlos Pereira, coordenador editorial de O Estado de São Paulo;

11h – Veet Vivarta, Diretor-Editor da ANDI – Agência de Notícias dos Direitos da Infância;

11h25 – Debate

11h50 – Encerramento

Fundamentos para a mídia isenta

14h30 – Carlos Fino, correspondente internacional da Rádio e Televisão Portuguesa [RTP];

15h00 РBernardo Kucinski, Assessor de Comunica̤̣o da Presid̻ncia da Rep̼blica;

15h30 – Cristiana Mesquita, repórter da APTN, Buenos Aires;

15h50 – Intervalo

16h00 – Leitura de Carta de Propostas do Seminário – Pe. Roberto Luiz Preczevsky;

16h10 – O que é o Interlegis;

16h20 – Coquetel de Encerramento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *