Relações Exteriores

Colômbia terá novo Plano de Guerra contra as FARC
25/11/2011
Política Externa
25/11/2011

Venezuela cada vez mais dependente da China

Venezuela cada vez mais dependente da China

Brasília – A China decidiu abrir uma linha de crédito de US$ 1,5 bilhão para refinanciar a PDVSA e outra no valor de US$ 500 milhões para a compra de equipamentos destinados a petroleira. De acordo com o presidente Hugo Chávez, a dívida será paga com petróleo.

A China já emprestou US$ 32 bilhões à Venezuela. Nesta semana, autoridades dos dois países discutiram em Caracas, a execução dos projetos de cooperação financiados com recursos chineses.

O país já havia emprestado US$ 4 bilhões para a Sinovesa, empresa criada pelos dois países para aumentar a produção petroleira de 118 mil barris diários de petróleo para 1,1 milhão até 2014, nos campos da Faixa do Orinoco.

Os dois países também devem firmar acordos nas áreas de alimentos, construção civil e tecnologia.

China e Venezuela ainda mantém um Fundo conjunto com US$ 12 bilhões para o desenvolvimento de projetos nas áreas de energia elétrica, agricultura, mineração, aviação e telecomunicações.

A oposição estima que a Venezuela terá de entregar 700 mil barris diários de petróleo à China para poder pagar a dívida, além dos 400 mil que já entrega atualmente. Isso corresponde a dois terços do que o país entrega diariamente aos Estados Unidos, seu principal sócio comercial.

Aliança Estratégica

Pelo menos 165 projetos são implementados na Venezuela com dinheiro chinês. São 76 em agricultura e terras, 4 em meio ambiente, 20 em Ciência e Tecnologia e indústrias intermediárias, 22 de energia elétrica, 5 em petróleo, 12 de indústrias básicas y minas, 10 de habitação, e 18 de transportes e comunicações, entre outros.

Entre os projetos considerados estratégicos está a modernização da central hidroelétrica Simon Bolívar (Guri), a construção da hidrológica Manuel Piar (Tocoma), trechos do Metrô de Valencia, Maracaíbo e Los Teques, eixos ferroviários, e fábricas de celulares e computadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *