Discurso do Presidente Lula, por ocasião da visita
06/07/2010
Parceria Estratégica Brasil – África do Sul
12/07/2010

Venezuela e Chile vão liderar criação da CELAC

Venezuela e Chile vão liderar criação da CELAC

No último final de semana, chanceleres e representantes diplomáticos dos países latino-americanos e caribenhos, se reuniram em Caracas e decidiram que Venezuela e Chile vão liderar o processo de criação da Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (CELAC).

 

Os dois países foram encarregados de redigir os estatutos do novo organismo de integração.

 

A decisão confirma o que foi acordado em Cancún, México, no início do ano, quando foi criado um Foro Unificado co-presidido pelos dois países para a coordenação dos trabalhos no período 2010-2012.

 

Nestes dois anos, Venezuela e Chile terão de definir o documento de procedimentos da futura Comunidade.

 

Também decidiram criar um grupo de trabalho para apoiar os países responsáveis pela consolidação do organismo.

 

Durante dois dias, as delegações dos países latino-americanos e caribenhos debateram diversos temas de interesse da região, como a erradicação da pobreza, o analfabetismo, a cooperação econômica e financeira e os recursos energéticos.

 

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou o Plano Caracas, um conjunto de objetivos que pretende consolidar a integração dos países que formam a CELAC em diversas áreas.

 

A Venezuela defende neste documento “a necessidade de se construir um sistema multilateral de comércio justo que satisfaça as necessidades dos povos em vias de desenvolvimento, com o objetivo de diminuir os requisitos que exigem os organismos financeiros no momento de liberar créditos”.

 

Apóia ainda a cooperação entre os organismos regionais já existentes como ALBA, Petrocaribe, Mercosul, Unasul, CAN, Sica, Caricom e Sella.

 

A chancelaria venezuelana informou que a reunião foi preparatória para a Cúpula de Chefes de Estado e de Governo que será realizada em Caracas em 5 de julho de 2011.

 

A idéia é que a Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos comece a funcionar formalmente nesta data.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *