Brasília, 18 de novembro de 2018 - 21h54

Crise Política

29 de junho de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O governo venezuelano estuda dissolver a Assembleia Nacional hoje controlada por maioria oposicionista ao mesmo tempo em que a Guarda Nacional Bolivariana se alinha ao governo do presidente Nicolás Maduro. A bancada chavista deve pedir ao Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), controlada pelo regime, para que dissolva o parlamento se a oposição insistir em realizar o referendo revocatório para o qual foram colhidas as assinaturas necessárias como prevê a Constituição.



Para os chavistas, a oposição viola a Constituição, trai a pátria, usurpa funções e abusa de sua autoridade em política exterior. Empossada em 5 de janeiro, a nova Assembleia Nacional teve todas as suas decisões rejeitadas ou anuladas pelo TSJ a pedido do presidente Maduro.



Paralelamente, o comandante da Guarda Nacional Bolivariana (GNB), polícia militarizada da Venezuela, Néstor Reverol, também se manifestou contra a oposição e disse que as Forças Armadas rejeitam as recentes declarações do presidente da Assembleia Nacional, Henry Ramos Allup, justamente sobre as ações da GNB. Allup afirmou recentemente que a GNB é integrada por “malandros e sem vergonhas”. No sábado, 25, Henry Ramos Allup passou por uma rigorosa inspenção por parte da Guarda Nacional quando retornava de Washington.



Nos Estados Unidos, o presidente da Assembleia Nacional participou da sessão da Organização dos Estados Americanos (OEA), sobre a crise na Venezuela. Na oportunidade, ele também criticou a participação de militares na política do seu país. A discussão sobre a Venezuela foi aprovada por 20 dos 34 membros da OEA, incluindo o Brasil.



A oposição venezuelana também reafirmou seu interesse em dialogar com o governo desde que o referendo revocatório seja mantido.


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...