Brasília, 18 de novembro de 2018 - 21h54

Energia

30 de novembro de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - A estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) e a Empresa Produtora de Energia LTDA (EPE), do Brasil, firmaram nesta terça-feira, 29, na cidade de La Paz, um contrato de exportação de gás natural para a termoelétrica de Cuiabá (MT), cujos envios devem gerar até 2019 um ingresso para o país de US$ 556 milhões.    



Na assinatura do contrato, o ministro de Hidrocarbonetos e Energia, Luis Alberto Sánchez, destacou a importância do novo compromisso, tomando em conta que estabelece um preço superior em 15% ao fixado com a argentina ENARSA, até o momento o acordo com os melhores preços para o gás boliviano.



“Hoje, o melhor contrato que tem a Bolívia é com a ENARSA e o preço que estamos acordando com a EPE é 15% maior que o preço com os argentinos”, reforçou o ministro.



Atualmente, o contrato de venda de gás boliviano à Argentina, firmado com a ENARSA, estabelece um preço de US$ 3,93 por milhar de BTU, enquanto que o custo fixado com a brasileira é de US$ 4,52. Segundo Sánchez, o novo contrato terá vigência de quatro anos, estabelece o envio de 2,2 milhões de metros cúbicos diários de gás e gerará um ingresso anual de US$ 140 milhões para a Bolívia.



“O mais importante de tudo é que esses ingressos serão destinados ao Estado e às regiões que recebem os benefícios do Imposto Direto aos Hidrocarbonetos”, explicou. Já o presidente da YPFB, Guillermo Achá, explicou que a exportação de gás para Cuiabá terá início nesta quarta-feira, 30. 


Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...