Relações Exteriores

Brasil e UE discutem desenvolvimento de micro, pequenas e médias empresas
22/02/2018
Senado irá acompanhar isenção tributária oferecida pelo Paraguai
22/02/2018

Brasil e México buscam cooperação em políticas para micro e pequenas empresas

Brasília – Num encontro bilateral realizado durante evento da OCDE que reúne autoridades de diversos países, na Cidade do México, até sexta-feira, 23, o Secretário Especial da Micro e Pequena Empresa do ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, José Ricardo da Veiga, reuniu-se com Alejandro Delgado Ayala, presidente do Instituto Nacional del Emprendedor (Inadem) do México. Os dois concordaram na importância de aprofundar a cooperação bilateral para beneficiar os pequenos empreendedores de ambos os países.

“A agenda foi muito positiva porque ele se mostrou com disposição para fazer um Memorando de Entendimento com o Brasil e concordamos em estabelecer uma agenda conjunta de cooperação das MPMEs brasileiras e mexicanas”, destacou. Segundo ele, o México pode ser exemplo para o Brasil na concessão de crédito e garantias. “O México tem iniciativas nesse sentido e nós do Brasil temos interesse em entender como esta política está sendo posta em prática” afirmou.

Recentemente, o México criou um fórum nacional com seus respectivos fóruns estaduais, modelo adotado no Brasil, com o Fórum Nacional da Micro e Pequena Empresa. “Temos um grande espectro de ações para cooperar e a grande oportunidade de agora é a visita do presidente do México ao Brasil, em março”, lembrou.

O mexicano Alejandro Delgado disse estar impressionado com os números do setor no Brasil e afirmou que o México tem grande interesse em construir uma agenda de cooperação conjunta. “Nos interessa muito a experiência brasileira. Também temos feito um grande trabalho nessa área e temos uns dos melhores programas do mundo para elevar capacidades e permitir a inclusão tecnológica dos pequenos empreendedores”, revelou.

Ele explicou ainda que o México é um parceiro histórico e estratégico do Brasil em vários setores. “Temos os ACEs 53 e 55 em vigor e não tínhamos ainda feito uma parceria específica de micro e pequenas empresas. Nós percebemos um movimento recente do México de desenvolver políticas específicas para as MPMEs e levar desenvolvimento para o interior do pais, o que coincide muito com o que temos desenvolvido no Brasil”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *