Brasil

Brasil irá cooperar com a Colômbia na desminagem do país
22/02/2018
Brasil e UE discutem desenvolvimento de micro, pequenas e médias empresas
22/02/2018

Brasil e UE discutem agenda bilateral para a agricultura

Brasília – Na última terça-feira, 20, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, esteve reunido, com 25 embaixadores da União Europeia para discutir a relação direta entre o Brasil e os países do bloco. Durante o encontro, o embaixador da UE no Brasil, João Cravinho, disse acreditar que o acordo MERCOSUL-UE está próximo e mostrou-se otimista quanto a um aumento significativo no comércio bilateral em um período de dois a quatro anos.

A respeito da auditoria enviada recentemente pela UE para inspecionar frigoríficos brasileiros após a Carne Fraca, Cravinho disse que não poderia antecipar nenhum resultado porque as informações ainda estão sendo analisadas. No entanto, sinalizou positivamente ao afirmar ter sido verificado que algumas medidas adotadas pelo Brasil corrigiram vulnerabilidades que haviam sido apontadas no sistema.

Aos embaixadores, Blairo Maggi disse estar aberto a ampliar o comércio com a UE e apresentou um panorama sobre a agricultura brasileira e avanços alcançados pelo país em relação à preservação ambiental. Ele também falou sobre a carne zero carbono, produzida no Brasil a partir da recuperação de pastagens degradadas, orientada por pesquisa desenvolvida pela Embrapa.

“Muitos daqueles que não conhecem o Brasil têm uma imagem distorcida em relação à nossa agricultura. Acham que não respeitamos a legislação ambiental. Nós não praticamos uma agricultura irresponsável, temos uma legislação muito rígida e tecnologias para acompanhar cada produtor”, assegurou.

O ministro disse que vem apresentando ao mundo números impressionantes da agricultura brasileira e do meio ambiente, como a preservação de 63% das florestas nativas e o uso de apenas 9% do território nacional para a agricultura. Esse último dado foi confirmado no final do ano passado pela Nasa. “Já falamos sobre isso em várias oportunidades. No ano passado apresentei os dados no Parlamento Europeu. Quero mostrar que a agricultura brasileira é feita com responsabilidade e respeito ambiental”, destacou Maggi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *