Diplomacia
03/03/2005
América do Sul
03/03/2005

Diplomacia

Celso Amorim nega problemas com Israel

O ministro Celso Amorim acaba de retornar de um giro por dez países árabes. Entre outros, esteve na Palestina, o que desagradou muito às autoridades israelenses.

Foi a segunda viagem de Amorim pela região e em nenhuma delas, ele passou por Israel. Amorim esclareceu que as queixas dos israelenses não se justificam.

Segundo ele, a viagem foi pelos países árabes e Israel não é um deles. “O que não quer dizer que eu não vá a Israel, quando eles me convidarem”.

O ministro reafirmou o interesse do Brasil em manter boas relações com todos os países do Oriente Médio, até mesmo para servir como um futuro mediador para a paz na região.

Ele revelou que o novo líder palestino, Mahmoud Abas, reconheceu a importância do Brasil para o processo de paz avançar. É possível que o ministro visite Israel ainda em 2005.

Ao retornar do exterior, Celso Amorim falou ainda sobre a missão de paz da ONU no Haiti. De acordo com o ministro, o Brasil acertou a liberação de US$ 30 milhões para a execução de projetos de infra-estrutura no país.

Os recursos são do BID. Segundo o General Heleno Ribeiro, que comanda as tropas no Haiti, são exatamente esses projetos que fazem falta ao país. Até hoje, o contingente prometido pela ONU, de 6.700 homens ainda não foi completado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *