Cooperação Trilateral
28/03/2005
Economia
29/03/2005

Saldo positivo

Comércio do Brasil com o Mercosul bate recorde

O comércio do Brasil com os países do Mercosul é o maior desde a criação do bloco em 1991, com um saldo positivo de US$ 2,5 bilhões. Enquanto foram exportados US$ 8,9 bilhões, o Brasil importou US$ 6,3 bilhões dos seus parceiros. Há dois anos, o saldo desse comércio foi negativo em U$S 12,9 milhões.

Para o governo brasileiro, o mais importante é que esse saldo positivo representa 7% do saldo comercial total do país no ano passado, que foi de US$ 33,6 bilhões. O maior superávit foi alcançado no comércio com a Argentina: US$ 1,8 bilhão.

Foram US$ 7,3 bilhões nas exportações, contra US$ 5,5 bilhões em importações. O comércio com a Argentina representa 71,4% do superávit total alcançado pelo Brasil com os países do Mercosul.

O Brasil representa 70% da economia do bloco, mas o recorde comercial tem importância simbólica uma vez que o Mercosul é prioridade para a política externa brasileira.

Até mesmo as negociações com o Paraguai, país com o qual o Brasil enfrenta problemas por conta do aperto nas aduanas geraram um saldo positivo de US$ 574 milhões, ou 22% do comércio Brasil – Mercosul. Com o Uruguai, o saldo positivo foi de US$ 144 milhões, 5,8% do total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *