Cooperação
26/03/2005
Educação
28/03/2005

Cooperação CAN – OTCA

Comunidade Andina promove reunião de ministros de Meio Ambiente

A cidade de Paracas, no Peru, será a sede da I Reunião do Conselho de Ministros do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Comunidade Andina de Nações [CAN]. O evento vai ser realizado entre 31 de março e 1º de abril, e tem por objetivo, debater a importância ambiental e geopolítica dos recursos hídricos para a região andino-amazônica.

A Secretária-Geral da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica [OTCA], Rosalía Arteaga, participará do evento, principalmente por que a água é tema prioritário previsto no Plano Estratégico 2004-2012 da OTCA.

Segundo Rosalía Arteaga, “esta reunião vem em um momento propício, em que nossa Organização inicia um projeto sobre gestão de recursos hídricos, com recursos do Fundo Mundial para o Meio Ambiente [GEF] e apoio da Organização dos Estados Americanos [OEA] e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente [PNUMA]”.

Ela destaca ainda, a relação entre os países andinos e amazônicos. Os cinco países andinos – Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela – são membros da OTCA. Brasil, Guiana e Suriname são os outros três integrantes do organismo, sediado em Brasília.

Na opinião de Francisco Ruiz, diretor-executivo da OTCA, o encontro será um primeiro passo para a construção de uma Agenda Amazônica de Meio Ambiente. “A água é um dos pontos estratégicos que unem os interesses andino-amazônicos. Os recursos hídricos que encontramos na Bacia Amazônica nascem nas Altas Cordilheiras dos Andes”, afirmou.

Durante os debates, a CAN pretende aprovar a Agenda Ambiental Andina, que vai orientar as estratégias regionais e a coordenação entre os países andinos nos temas de diversidade biológica, que será debatida na próxima conferência sobre o Convênio de Diversidade Biológica, que será realizada no Brasil, em 2006.

Em setembro de 2004, a OTCA e a CAN iniciaram o processo de aproximação e cooperação, com a assinatura de um Memorando de Entendimento entre as duas organizações.

Rosalía Arteaga e o Secretário-Geral da Comunidade Andina, Allan Wagner Tizón, pretendem iniciar um programa de trabalho conjunto na área de recursos hídricos, florestas e biodiversidade, além de promover ações concretas que impulsionem biocomércio e o combate a biopirataria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *