Opinião

Instabilidade política
09/03/2005
Intercâmbio
09/03/2005

Legislativo

Cristovam defende relação estratégica com os Estados Unidos

O professor e ex-ministro da Educação, Cristovam Buarque [PT-DF], eleito por unanimidade para presidir a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional do Senado, prega um relacionamento estratégico do Brasil com os Estados Unidos e acredita que o tema do Haiti será permanente nas discussões da Comissão.

Neste semestre, caberá ao Senado, através da CREDN, presidir a Comissão de Acompanhamento dos trabalhos da Agência Brasileira de Inteligência. Para tratar desse tema, Buarque recebeu o ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, General Jorge Armando Félix, na tarde de terça-feira, em seu gabinete.

Ele não é contra a cooperação dos serviços de inteligência do Brasil e Cuba, mas defende que essa cooperação seja estendida à todos os países com os quais o Brasil mantém relações estratégicas.

Cristovam Buarque viajou para os Estados Unidos para falar sobre democracia e globalização, mas antes, presidiu a sessão em que a Comissão aprovou requerimento do senador Jefferson Peres, para que seja realizada audiência pública no dia 7 de abril, sobre a internacionalização da Amazônia. Antes de embarcar, o senador recebeu o InfoRel quando concedeu sua primeira entrevista na qualidade de presidente da CREDN.

Ele prometeu trabalhar para que haja um intercâmbio de informações e trocas de experiências entre as comissões do Senado e da Câmara, e quer ver os parlamentares participando mais ativamente das discussões em torno dos acordos internacionais celebrados pelo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *