Brasil

Empresários brasileiros vão a Abu Dhabi em busca de novos negócios
26/09/2017
Venezuelanos buscam asilo na União Europeia
26/09/2017

Iniciativa dominicana de mediar diálogo entre venezuelanos recebe o apoio do Brasil

A iniciativa do presidente da República Dominicana, Danilo Medina, em mediar um diálogo político entre governo e oposição venezuelanos, recebeu o apoio do Brasil que agora se soma à Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru.

Na semana passada, o Embaixador dominicano no Brasil, Alejandro Arias, destacou esse ponto ao participar na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), da Câmara dos Deputados, da instalação do grupo Parlamentar de Amizade Brasil – República Dominicana.

Nesta segunda-feira, 25, o chanceler da República Dominicana, Miguel Vargas Maldonado, afirmou que “nesta semana” será realizada no país mais um encontro entre o governo venezuelano e a oposição. Medina trabalha para viabilizar o encontro que poderá ser na próxima quarta-feira, 27.

O governo dominicano já reuniu representantes das duas partes há dez dias em Santo Domingo. Segundo Vargas, “os detalhes estão sendo finalizados, não há data fixa, mas existe interesse, vontade e necessidade de concluir este tema tão difícil que atravessa o país venezuelano”, explicou.

Para o Brasil, o mais importante é que o diálogo seja retomado e tanto governo como oposição firmem um pacto que passa pela confirmação das eleições presidenciais, libertação dos presos políticos e restauração dos poderes da Assembleia Nacional.

O encontro da semana passada foi classificado pela oposição como “exploratório”. Já o governo de Nicolás Maduro assegura que representou um diálogo formal e claro.

Além disso, no último sábado, 23, chanceleres de 12 países apoiaram as aproximações entre o governo da Venezuela e a oposição, com a mediação da República Dominicana, mas assinalaram que devem desenvolver-se com acompanhamento internacional, “boa fé, objetivos e prazos claros”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *