Defesa

Cooperação Espacial
06/04/2005
Aeronáutica
06/04/2005

Defesa Nacional

Internacionalização da Amazônia será debatida no Senado

Nesta quinta-feira, os senadores que integram a Comissão de Relações Exteriores começam a debater um dos temas que mais preocupam civis e militares no momento: a internacionalização da Amazônia.

Devem participar do encontro, o Almirante Miguel Ângelo Davena, Secretário de Política do ministério da Defesa, o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, Secretário-Geral do Itamaraty, o professor Armando Mendes e o especialista Clóvis Brigagão.

A audiência está marcada para as 10h com o tema “Internacionalização da Amazônia: risco real ou temor infundado”. A audiência atende requerimento do senador Jefferson Peres.

“Com uma área equivalente a cerca de metade do território nacional, em virtude de suas riquezas naturais e dos brasileiros que lá vivem a Amazônia exige constante atenção do Congresso Nacional, mas especificamente do Senado Federal, com destaque para os aspectos relacionados à defesa”, explicou Peres.

O senador Cristovam Buarque quer saber se é fato ou mito que há um mapa do Brasil onde a Amazônia é apresentada como uma área de proteção internacional.

“Ele quer ver respondidas três perguntas: se há risco de o Brasil perder a soberania sobre a Amazônia, seja por intervenção internacional ou incompetência do Brasil; que medidas estão sendo tomadas para proteger a Amazônia como uma região eminentemente brasileira, e o que falta ser feito.

Para o senador, as Forças Armadas, com os recursos que recebem, realizam milagres a Amazônia. “O que a gente precisa é dar mais apoio às Forças Armadas, para que deloquem um contingente ainda maior para a região. A Amazônia é grande demais e transcende as nossas fronteiras. Precisamos também intensificar os acordos com os países vizinhos que não ameaçam a nossa soberania”, afirmou Buarque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *