Brasil

União Europeia faz esforço para garantir acordo comercial com o MERCOSUL
16/11/2017
Ministro afirma que Brasil trabalha para facilitar Acordo MERCOSUL – UE
16/11/2017

Mapa e Apex realizam evento para captar investimentos em Israel

Brasília – Empresas do agronegócio terão oportunidade de apresentar projetos de investimento a empresários israelenses no Brazil-Israel Agribusiness Investor Road Show, que acontecerá em Tel-Aviv, no Hotel Hilton, de 28 a 30 de novembro. O evento realizado em conjunto pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Apex inclui seminário para apresentação de oportunidades no Brasil e exposição da Embrapa, seguido de rodada de negociações. O interesse de israelenses está voltado principalmente para empresas de inovação tecnológica na agropecuária (AgTechs), uma vez que Israel é importante polo nessa área. Entre as atividades de interesse estão a produção de açúcar, grãos, carnes, frutas, pescados e alimentos processados, além de cafés, chás e sucos.

Está prevista visita à feira Israfood, que é o principal evento comercial da cadeia agroalimentar em Israel, onde haverá oportunidade de fazer contato com grandes representantes de cadeias de varejo e importadores da região do setor de alimentos e bebidas. E, também, visita para conhecer o Instituto Volcani, centro de pesquisa agrícola israelense voltado para as ciências das plantas e dos animais, do solo, do meio ambiente, da alimentação e engenharia agrícola.

Odilson Luiz Ribeiro e Silva, secretário de Relações Internacionais do Mapa, disse que “o agronegócio brasileiro oferece excelentes oportunidades de investimento, que por muitas vezes são desconhecidas de investidores potenciais. Esperamos que o evento em Israel favoreça esse contato entre investidores israelenses e empresários brasileiros”.

Conselho de Ministros da Camex realiza última reunião do ano

O Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) realizou nesta quarta-feira, 8, a última reunião de 2017 para decidir temas estratégicos relacionados às exportações e importações brasileiras. Participaram da reunião, presidida pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, os ministros da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira; da Fazenda, Henrique Meirelles; das Relações Exteriores, Aloysio Nunes; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi; o ministro substituto do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Colnago; o secretário especial da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Marcos Degaut; e o secretário-executivo substituto do ministério dos Transportes, Carlos Barros.

Na área de defesa comercial, foi discutida a aplicação de direito antidumping definitivo incidente sobre as importações brasileiras de laminados planos de aço, originárias da China e da Rússia. Os ministros decidiram adiar a decisão para janeiro de 2018, quando deve ser realizada a primeira reunião do próximo ano. O Conselho de Ministros resolveu dar um último prazo para que fosse possível colher mais informações sobre o impacto que haveria na cadeia produtiva e na inflação.  Os laminados de aço são insumos muito utilizados pelos setores de construção civil, automotivo, móveis, implementos agrícolas, eletrodomésticos, entre outros.

Sobre as negociações internacionais, os ministros discutiram as atuais estratégias do Brasil e aprovaram diretrizes e recomendações para os processos em curso, como o MERCOSUL – União Europeia. Além disso, foi aprovado mandato negociador para um acordo com a Coreia do Sul.

A respeito do financiamento e garantia às exportações, os ministros aprovaram o novo texto da Declaração de Compromisso do Exportador, e as diretrizes para o sistema de Compliance de Seguro de Crédito à Exportação. Os ministros ainda ratificaram os compromissos já assumidos pelo Brasil, no âmbito do Programa Mais Alimentos Internacional, que provê crédito às exportações de máquinas e equipamentos agrícolas.

As Resoluções Camex com as decisões do Conselho serão publicadas nos próximos dias no Diário Oficial da União.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *