Defesa

Bolívia exporta 335 mil toneladas de ureia para o Brasil
18/10/2017
Brasil e Grécia iniciam discussões para acordo bilateral
18/10/2017

MD estuda criar Polo de Defesa em Goiás

Brasília – O ministro da Defesa, Raul Jungmann, recebeu, na terça-feira, 10, o governador de Goiás, Marconi Perillo, com quem discutiu a implantação de um polo de indústrias de defesa no município de Anápolis. Jungmann sugeriu que inicialmente seja criado um eixo de comunicação voltado para a Base Industrial de Defesa e que sejam realizadas feiras e eventos relacionados ao tema, além da formação de articulações com as áreas de tecnologias.

De acordo com o ministério da Defesa, em breve, representantes do governo estadual deverão se reunir com o secretário de Produtos de Defesa, Flávio Basílio, para uma maior aproximação referentes às ações pontuadas.

No final de setembro, o Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO) aprovou, a proposta feita pelo MD para permitir o financiamento de indústrias de defesa com recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) e do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDO). “A aprovação pela SUDECO de financiamento voltado para Defesa vai ao encontro da intenção de tornar Anápolis um grande polo”, afirmou Jungmann.

Ele também lembrou que as empresas estratégicas de defesa contam com benefícios previstos em lei, como regime especial tributário e um fundo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Durante o encontro, Marconi Perillo também falou da importância de Anápolis sediar a Ala 2 (antiga Base Aérea) e a expectativa de receber os Caças Gripen NG da Força Aérea Brasileira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *