Cooperação
15/03/2005
Cooperação
15/03/2005

Exploração de gás

Petrobrás retorna à Líbia depois de 11 anos

Com forte presença na América Latina e África, a Petrobrás acaba de firmar contrato para a exploração de petróleo e gás natural com a Líbia.

A formalização do contrato deu-se em Trípoli e assegura os direitos exploratórios de óleo e gás e de partilha de produção na área 18 da seção líbia do Mar Mediterrâneo, em águas de 200 a 700 metros de profundidade.

A área tem uma extensão total de 10.307 quilômetros quadrados e oferece boas perspectivas de descobertas, segundo a empresa brasileira, que volta a atuar na Líbia após 11 anos. A Petrobrás explorou gás na região entre 1970 e 1990.

Segundo a assessoria da Petrobrás, sua inserção internacional, está diretamente ligada ao trabalho realizado pelo ministério das Relações Exteriores, principalmente em função das visitas precursoras da assinatura do contrato e de aproximação diplomática com as autoridades líbias para a concretização do novo negócio.

No dia 29 de janeiro, a Petrobras obteve a concessão após vencer, a primeira rodada de licitações promovida pela estatal líbia depois de duas décadas de isolamento em relação às companhias estrangeiras. A Petrobras detém 70% de participação como líder de um consórcio com a empresa Oil Search Limited [OSL], de Papua Nova Guiné, e atuará como operadora.

O contrato prevê um período de cinco anos que, em caso de descoberta, poderá ser prorrogado por mais 20 anos. Na fase exploratória, o contrato estabelece um investimento mínimo de US$ 21 milhões e a obrigação de perfurar um poço, além de efetuar levantamentos sísmicos de duas e três dimensões.

Ainda de acordo com a Petrobrás, a volta à Líbia está alinhada ao Plano Estratégico 2015 da empresa, que estabelece a busca pelo crescimento internacional em áreas-foco, entre elas as de águas profundas e ultra profundas da costa do continente africano, onde a Companhia já atua em três outros países: Nigéria, Angola e Tanzânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *