Imagem:

Entre 2019 e 2020, R$ 160 bilhões de investimentos estrangeiros foram injetados nos setores de minas e energia do país. A informação é do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e foi oferecida durante a assinatura de Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), segunda-feira, 10, em Brasília.

A ideia é que o acordo implemente uma agenda de cooperação e otimização dos recursos, pautada pela capacidade de impulsionar políticas públicas e induzir investimentos num ciclo virtuoso. O ministro entende que é possível posicionar o Brasil como destino ainda mais seguro de investimentos voltados para os setores de minas e energia.

Em 2020 a Apex-Brasil apoiou a atração de mais de US$ 5 bilhões de investimentos estrangeiros, sendo US$ 1,4 bilhão para petróleo e gás, e US$ 392 milhões para energia.