Nesta terça-feira, 22, o Almirante Alexandre Rabello de Faria, da Marinha do Brasil, assumiu a presidência do Conselho de Delegados da Junta Interamericana de Defesa (JID), sediada em Washington, para o biênio 2021-2023. Com a sua eleição, o Brasil seguirá à frente da JID por mais dois anos.

Faria substituirá o também brasileiro, General Luciano José Penna, do Exército, que comandou a JID entre 2019 e 2021. A JID foi criada no Rio de Janeiro, durante a Terceira Reunião de Consulta de Ministros de Relações Exteriores dos 21 países que, naquele momento, integravam a União Panamericana.

Atualmente, a organização é integrada por 29 Estados-Membros e 8 países observadores e atua, principalmente, em ações de ajuda humanitária e na mitigação aos efeitos dos desastres naturais no hemisfério.