Na última terça-feira, 28, a Agência Espacial Brasileira (AEB) participou da 17ª reunião do Comitê de Projetos Conjuntos Brasil-China (Joint Project Committee), juntamente com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e com a China Academy of Space Technology (CAST), com o objetivo de avaliar as performances operacionais dos satélites CBERS 4 e CBERS 4A.

Brasil e China são parceiros na área espacial há mais de 30 anos. O responsável pela CNSA, H.E. Mr. Zhang Kejian, destacou que o programa tem sido muito valorizado como uma conquista de confiança mútua.

O CBERS 4A foi o último satélite, fruto da parceria, lançado no dia 20 de dezembro de 2019, da base chinesa de Taiyuan, pelo foguete Longa Marcha 4B. Sexto satélite do Programa CBERS (China-Brazil Earth Resources Satellite; Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres), o CBERS 4A e o CBERS 4 continuam operacionais e fornecem diariamente imagens de sensoriamento remoto do território nacional e de outras áreas do globo terrestre.