Brasília – Nos dias 3 e 4 de fevereiro, o ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque realizou visita de trabalho ao Uruguai, a convite do Ministro da Indústria, Energia e Mineração Omar Paganini. Nos dois dias de reuniões, eles discutiram principalmente formas de aprofundar a integração energética.

Em Montevidéu, as partes discutiram temas relacionados a planejamento energético, interconexão elétrica, energia eólica, hidrogênio e mobilidade elétrica, com o propósito, também, de avançar no desenvolvimento de infraestruturas no setor.

 Bento Albuquerque e Omar Paganini, firmaram uma Declaração Conjunta que identificou áreas para aprofundamento do trabalho técnico bilateral, com o objetivo de fomentar o adensamento da integração energética. Os dois já haviam conversado em dezembro, em São Paulo.

Os dois países decidiram criar grupos de trabalho que abordarão diferentes temas, entre os quais se destaca a revisão das regras existentes para aprofundar a troca de excedentes de energia elétrica, o que beneficiaria a ambos. Também foram discutidas questões estratégicas comuns, como o desenvolvimento das energias renováveis ​​e a economia do hidrogénio, bem como o desenvolvimento de corredores de carregamento para facilitar a mobilidade elétrica. Os trabalhos técnicos terão início imediato, com vista à obtenção dos primeiros resultados já no primeiro semestre de 2022.

O diálogo entre Brasil e Uruguai poderá, ainda, ser estendido a outros campos, como a mineração, que terá “um papel muito importante na transição energética para uma economia de baixo carbono”, afirmou Paganini.

Imagem: Lucas Malcuori

Share This