IBEE segue discutindo Inteligência Estratégica

por | ago 30, 2022 | 19h

O curso de Inteligência Estratégica, oferecido pelo Programa de Pós-Graduação do Instituto Brasileiro de Estudos Estratégicos, que teve início dia 12 de agosto, segue levando conhecimento aos alunos matriculados no curso de especialização.

Neste final de semana, 26 e 27 de agosto, o professor foi o coronel da Polícia Militar Edson Benedito Rondon Filho, pós-Doutor pela UNESP, Doutor em Sociologia pelo UFRGS, com estágio doutoral junto ao Centre de Recherche Sociologique sur le Droit et les Institutions Pénales (França). Mestre em Educação pela UFMT, especialista em Inteligência de Segurança Pública e Gestão de Segurança Pública pela FAECC-UFMT, bacharel em Ciências Sociais e em Direito pela UFMT, o coronel também se graduou no Curso de Formação de Oficiais pela Academia de Polícia Militar do Estado de Goiás (1994).

Segundo a presidente do IBEE, Dra. Maria Alice Meirelles, o programa é de excelência, conta com docentes renomados que atuam (ram) diretamente com à temática. “Temos o privilégio das nossas aulas serem ministradas por generais, almirante, coronéis, além de professores doutores, mestres e especialistas”, explica.

Ainda, segundo a presidente do IBEE o principal objetivo do curso é formar profissionais para atuar na Inteligência em instituições públicas, desenvolver setores de Inteligência em seus órgãos, ou profissionais de instituições privadas que desejam agregar as valiosas ferramentas de Inteligência em seus ramos de atuação.

Entre os discentes estão diplomatas, militares da Polícia Militar do Rio de Janeiro, militares da ativa e da reserva das Forças Armadas, investigadoras de polícia, assessor de ministros do STM, advogados, professores universitários, empresários, analista internacional, psicanalista, sociólogo, administradora, psicólogo, entre outros.

Para o coordenador do curso Dr. Edwaldo Costa, pós-doutor pela USP, doutorando na UnB e na Toronto Metropolitan University (Canadá), se antes os cursos de Inteligência Estratégica eram promovidos pelos Serviços de Inteligência federais, pelas Forças Armadas e outros órgãos de segurança pública, atualmente, gestores de instituições privadas também perceberam a importância da ferramenta Inteligência como pilar da obtenção de conhecimentos para alcançar estrategicamente os objetivos da instituição.

“Os mais competentes governos e instituições do mundo têm assessoramento de inteligência estratégica para antecipar mudanças de cenários, identificar pontos fortes e fracos e as intenções dos adversários e acima de tudo estar sempre à frente dos oponentes”, explicou.

O curso conta com o apoio dos institutos SAGRES e InfoRel. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (65) 98151-5257. Ainda dá tempo de se inscrever.

Share This